Cachorro Border Collie em destaque
Imagem de informações

Cachorro Border Collie - Resumo e Ficha Técnica

Border Collie em fundo branco
Border Collie - Quer ter um? Cuidar melhor? Escolher um nome especial? Ver os melhores vídeos da raça e muito + ?
Então este guia completo sobre o Border Collie foi feito para você. Abaixo está apenas um resumo, mas o melhor está a seguir. Continue lendo ou se achar melhor, clique no player acima e escute esse guia. E aproveitando, gostaríamos muito de saber sua opinião ou sugestão para que pudéssemos melhorar esse conteúdo. Então não deixe de comentar ou se gostou, compartilhe com seus amigos. Divirta-se!

O Border Collie é altamente ativo, alerta e ansioso para ter um propósito.

Eles têm inteligência acima da média e são muito adestráveis.

O Border Collie foi criado para pastoreio de ovelhas, então eles têm um forte instinto de pastoreio.

Infelizmente, o instinto de pastoreio pode levá-los a perseguir animais, bicicletas e carros.

A raça precisa de exercício e atividades diárias.

Os Border Collies gostam e se dão bem em treinamento de agility (esporte praticado por um cão e seu condutor, cujo objetivo é terminar a prova sem cometer infrações e no menor tempo possível).

Sem estímulo físico e mental, o Border Collie pode ser destrutivo em casa, mastigando móveis, arranhando portas, latindo e uivando.

Eles também podem ser propensos a ansiedade de separação.

Os Border Collies podem ser sensíveis ao som, o que significa que ficam estressados ​​durante as tempestades ou com fogos de artifício.

Os olhos amendoados são o foco de uma expressão inteligente – um olhar intenso, o famoso “olho de pastoreio” do Border, é uma marca registrada da raça.

Amável entre amigos, eles podem ser reservados com estranhos.

Imagem de lista de nomes

Outros nomes

Cão Pastor Escocês
Imagem de personalidade

Personalidade

Inteligente, equilibrado e sociável
Imagem de utilização

Utilização

Cão de Pastoreio
Imagem de cores

Cor da pelagem

Todas, com exceção do branco predominante
Imagem de espaço ideal

Espaço necessário

Espaço amplo e muito exercício
Imagem de peso

Peso

Macho: 13 a 20 kg
Fêmea: 13 a 20 kg
Imagem de altura

Altura

Macho: 50 a 58 cm
Fêmea: 45 a 53 cm
Imagem de origem

Origem

Grã-Bretanha
Imagem de ranking de inteligência

Ranking de Inteligência

1ª posição
Imagem de tempo de vida

Expectativa de vida

13 a 16 anos
Imagem de origem e história

Origem e História do Border Collie

Border Collie História

Durante os dias de glória do Império Romano, sucessivos imperadores elaboraram planos para invadir e conquistar a Grã-Bretanha.

Mas, por várias razões – em outras partes do império, ou mudanças de situações políticas – os planos foram arquivados.

Finalmente, no ano 43, o imperador Cláudio cumpriu esse longo sonho de conquista.

A ocupação romana da Grã-Bretanha teve uma grande influência em praticamente todos os aspectos da vida britânica.

Isso incluiu a criação de cães.

As legiões ocupantes trouxeram sua própria fonte de alimento, gado.

E onde o gado for, os cães pastores certamente seguirão.

Os grandes e pesados ​​cães de pastoreio importados pelos romanos permaneceram na paisagem britânica por mais de três séculos.

Durante a longa e lenta dissolução do Império Romano, invasores Vikings ferozes invadiram a Grã-Bretanha.

Eles também trouxeram seus cães.

Eram pastores menores, mais rápidos, do tipo Spitz, progenitores de raças contemporâneas como o Sheepdog islandês.

As cruzas entre os velhos cães romanos e os cães dos Viking produziam pastores compactos e ágeis, bem equipados para trabalhar nas regiões montanhosas e rochosas da Escócia e do País de Gales.

Assim começou a história do Border Collie.

Têm sido chamados de “os maiores pastores do mundo”, e qualquer um que os veja trabalhar – com suas varreduras largas, agachamentos furtivos e rastejantes, e explosões de energia concentrada – tem que concordar.

Quando os pastores sonham com o cão perfeito, você pode apostar que é ele.

Como imortalizados no filme “Babe”, os Borders dominaram os testes competitivos de cães pastores nas Ilhas Britânicas por mais de cem anos.

As fronteiras também dominam os níveis do campeonato do esporte de agilidade, e rotineiramente são as melhores do mundo.

Imagem de aparência

Características e Aparência do Border Collie

Dois Border Collies na natureza

O Border Collie é um cão bem equilibrado, de tamanho médio, com uma aparência atlética e muscular.

É uma raça extremamente inteligente, com uma expressão aguda e alerta.

A raça vem em dois tipos de pelagem, pelagem áspera ou lisa.

Os pelos lisos são mais curtos do que o áspero.

Ambos os cães de pelos ásperos ou lisos têm camadas duplas e macias.

Border Collies vem em várias cores e padrões.

Eles podem ser sólidos, bicolores, tricolores ou merle.

O padrão de cores mais comum encontrado em Border Collies é uma combinação de preto e branco.

A cor do nariz do Border Collie geralmente coincide com a cor principal da sua pelagem.

A raça tem um crânio largo e achatado e seu focinho é do mesmo comprimento do crânio.

Cães com o padrão merle às vezes têm olhos de cores diferentes.

Seus olhos ovais estão bem separados.

Os dentes de um Border Collie devem se encontrar em uma mordida de tesoura, eles não devem ter mordidas acima ou abaixo.

As orelhas do Border Collie são de tamanho médio, bem separadas e podem ser eretas ou semi-eretas.

Quando as orelhas são mantidas semi-eretas, as pontas podem dobrar para a frente.

Seu focinho é forte, afinando levemente até o nariz.

O Border Collie tem uma cauda moderadamente longa.

Quando o Border Collie está trabalhando, a cauda está baixa com uma aglomeração de pelos para cima.

Suas patas são de forma oval com almofadas profundas e fortes, e os dedos são um pouco arqueados e juntos.

Imagem de temperamento

Temperamento e Personalidade do Border Collie

Border Collie correndo na água

Border Collies são famosos campeões de frisbee (esporte de arremessar disco para o cão, bem conhecido na Europa e nos Estados Unidos, chamado também de frisbee canino, introduzido no Brasil desde o ano 2000) e agility.

Com um olhar atento e intenso, eles enfrentam todas as tarefas colocadas diante deles com o foco de um atleta olímpico.

Assistir a um Border Collie no trabalho, seja em um campo ou em um curso de agilidade é realmente de tirar o fôlego.

Eles adoram assumir novas tarefas e são os cães ideais para fazendeiros.

Requisitos de atividade

Border Collies são alguns dos cães mais inteligentes do mundo e precisam de muita atividade física e mental.

Eles podem ser um desafio até mesmo para o dono mais experiente.

Eles devem ter pelo menos duas horas de atividade por dia, a fim de evitar problemas comportamentais, e os problemas comportamentais que se desenvolvem em Border Collies podem ser graves.

Apartamento não servirá para esta raça, uma casa com muito espaço e tempo para correr, jogar bola, perseguir bolas e praticar agilidade é muito melhor.

Fazendas seria o cenário ideal para um Border Collie.

Originalmente criados para cuidar de rebanhos de ovelhas, eles passavam horas por dia correndo e pastoreando e são mais felizes quando estão no trabalho.

Aos agricultores é garantido um “empregado” leal e enérgico quando adotam um Border Collie.

Se esta raça não tiver seus requisitos de atividade física e mental atendidos, eles desenvolverão ansiedade e comportamentos destrutivos.

Muitas famílias são atraídas pela raça devido à sua constituição e energia médias, mas essa energia pode rapidamente se tornar um problema se não for canalizada da maneira apropriada.

Adestrabilidade

Border Collies são solucionadores de problemas e podem ser facilmente treinados para realizar qualquer tarefa.

Inteligentes e observadores, eles também podem aprender novos comportamentos sem serem ensinados – mas geralmente comportamentos que são indesejados, como abrir armários e portas, onde eles podem entrar em confusão.

O treinamento precoce é essencial para os Border Collies.

Quanto mais cedo eles aprenderem a obedecer aos comandos, melhor.

Eles gostam de estar no comando e terão o controle da situação, se nada for feito a respeito.

Reforço positivo e um tom gentil, mas confiante são necessários quando se trabalha com Border Collies.

Sua natureza sensível pode fazer com que eles se desliguem se forem tratados com severidade.

Esta raça prima pela agilidade e competição física.

Border Collies são frequentemente os campeões de competições de frisbee e salto em distância.

Traços Comportamentais

Border Collies são os “mágicos” do mundo dos cães.

Meras cercas não podem impedi-los de fugir para o mundo.

É importante ficar de olho no seu Border Collie em todos os momentos.

Eles são conhecidos por pular, cavar e até abrir as fechaduras de cercas para sair e explorar.

A socialização precoce e a exposição a novas experiências são muito importantes, pois os Border Collies podem ser tímidos.

Se não for controlada, sua natureza reservada em relação a estranhos pode mudar para agressividade.

Eles geralmente são agressivos em relação a outros animais, gatos ou animais de pequeno porte.

O pastoreio está no sangue deles e os Border Collies são conhecidos por tentar perseguir grupos de pessoas em festas, crianças, outros animais, bicicletas e até carros.

Nunca deixe um Border Collie longe de uma coleira quando estiver em uma área aberta, ou eles vão perseguir e morder as pessoas.

Eles também podem ser feridos quando correr atrás de bicicletas e carros.

A ansiedade de separação é comum nesta raça e pode ser grave.

Eles precisam de muita atividade para ficarem felizes, quando estão entediados e sozinhos, a ansiedade se instala rapidamente.

Border Collies vai mastigar, latir, uivar e cavar quando deixado sozinho por muito tempo, a menos que sejam devidamente treinados.

Imagem de cuidados básicos

Cuidados Básicos e Manutenção do Border Collie

Cuidados com o Border Collie

Eles não são animais que, por instinto, reagem bem a visitas de estranhos ou de outros cães, por isso é muito importante que, desde pequenos, permitamos que eles se socializem com outros cães para se acostumarem.

Sendo um cão acostumado a viver no campo, eles não respondem bem a movimentos repentinos ou a sons altos, pois têm olhos e ouvidos muito sensíveis.

Além disso, eles são cães muito inteligentes que reagem muito bem ao treinamento e brincando com eles e aproveitando esse tempo para ensinar, desde os truques mais básicos, como sentar-se ou deitar-se, até outros mais complicados.

Alimentação

Os Border Collies são uma raça de cães com um estômago delicado, por isso pode ser difícil encontrar o alimento certo para o nosso animal de estimação.

Seu estômago é bastante sensível e é comum que sofra de vômito e desconforto, então, depois de ter encontrado o alimento que ele gosta e se adequar, tente não mudar.

A ração do Border Collie deve ser rica em proteínas de alta qualidade para favorecer o equilíbrio correto de sua flora intestinal, e devemos ter muito cuidado de não oferecer alimentação humana.

O que os filhotes comem?

Como em outras raças, um filhote de Border Collie deve ser alimentado, durante os primeiros dias de vida, de leite materno.

A partir de um mês ou mês e meio, nosso Border Collie deve se alimentar de ração para filhotes de raças de porte médio.

Em geral, três refeições por dia serão ideais para alimentar seu animal de estimação.

O que os adultos comem?

A partir de um ano, teremos que mudar a alimentação do nosso cão.

A alimentação de um adulto Border Collie deve ter um alto teor de proteína, já que é um cão muito ativo.

Como indicamos, você pode achar difícil encontrar a ração que seja boa, já que é uma raça com um estômago muito delicado.

Sempre que você tiver que trocar, misture as duas marcas por vários dias para que ele se acostume pouco a pouco.

Se o seu Border Collie achar difícil terminar a refeição, você pode misturar o alimento seco com um pouco de comida úmida natural, o que complementa sua comida.

O que os idosos comem?

Quando nosso Border Collie envelhece, notamos que sua energia diminui.

Para evitar excesso de peso, pode ser necessário mudar a ração para manter ou perder peso.

Verifique com seu veterinário se você perceber que seu Border Collie está engordando porque muitos desses alimentos são alimentos veterinários e, portanto, só devem ser consumidos se recomendado por um especialista.

Escovação

Seu pelo é uma das características mais marcantes.

Em geral, escová-los uma ou duas vezes por semana, serão suficientes, mas preste atenção especial aos “embolados”, bastante comuns nesta raça.

Além disso, você deve aparar o pelo das patas dianteiras e da cauda quando quiser.

Banho

Um banho a cada mês ou mês e meio será suficiente para manter o cão limpo, desde que não tenha ficado sujo, embora se notarmos que o nosso cão não está muito sujo, você pode prolongar o tempo do banho.

Para fazer seu pelo parecer brilhante e saudável, use sempre um xampu específico e, se vir que ele não parece muito saudável, você pode dar suplementos alimentares especial para os pelos, como óleo de salmão.

Cuidado com seus dentes

Tal como acontece com outras raças, Border Collies pode ter tártaro em seus dentes.

É melhor evitá-lo com uma boa higiene dentária, seja com escovas e pasta de dentes específica, seja com snaks que os ajudem a cuidar dos dentes.

Outra opção é oferecer brinquedos para mastigar, o que também os manterá entretidos.

Claro, sempre monitore o estado deles para evitar asfixia.

Parasitas

Como já dissemos, os Border Collies são cães acostumados a viverem livres e precisam passar muito tempo ao ar livre.

Isso pode levar a um aumento do risco de ​ parasitas, como carrapatos e pulgas.

Além disso, estes podem ser facilmente camuflados entre o seu pelo comprido, por isso é aconselhável verificá-lo ao escová-lo.

Ele também pode usar colares ou pipetas para evitar parasitas.

Vacinação

As vacinas Border Collie, como em outras raças, devem estar sempre atualizadas e devem ser fornecidas pelo seu veterinário.

As principais ocorrem durante o primeiro ano de vida e após 12 meses deve-se realizar uma vacinação de reforço uma vez por ano.

Imagem saúde da raça

Problemas de Saúde mais comuns do Border Collie

Border Collie com vet

Todos os cães têm o potencial de desenvolver problemas genéticos de saúde, assim como todas as pessoas têm o potencial de herdar uma doença em particular.

Corra de qualquer Criador que não ofereça uma garantia de saúde aos filhotes, que lhe diga que a raça é 100% saudável e que não tem problemas conhecidos, ou que lhe diz que seus filhotes estão isolados do ambiente familiar por motivos de saúde.

Um Criador respeitável será honesto e aberto sobre problemas de saúde na raça e a incidência com que eles ocorrem em suas linhas de sangue.

O Border Collie pode desenvolver certos problemas de saúde.

Aqui está um breve resumo do que você deve saber.

Um cão espetacularmente resistente, o Border Collie, no entanto, pode ser afetado por algumas doenças genéticas.

Uma delas é a displasia da anca, uma má-formação genética da cavidade da anca.

Os cães com displasia da anca podem parecer perfeitamente normais, mas como a cabeça do osso da coxa não se encaixa corretamente na cavidade da anca, ao longo do tempo o osso começa a desgastar-se.

A inflamação constante leva à artrite.

Casos leves podem ser tratados por um tempo com medicação para dor, mas casos graves podem exigir reparos cirúrgicos caros na forma de uma artroplastia total do quadril.

Esta condição é geralmente diagnosticada por raios-X e exame manual dos quadris.

É impossível saber se um cão tem displasia da anca simplesmente por examiná-lo ou vê-lo se mexer.

Somente obtenha um filhote cujos pais foram avaliados como tendo quadris normais.

Border Collies também são afetados por Collie Eye Anomaly, um grupo de distúrbios oculares que variam de menores a sérios.

Eles estão presentes desde o nascimento e podem ser detectados em filhotes de 5 a 8 semanas de idade.

Felizmente, há um teste genético para determinar se um cão está livre de CEA ou o carrega.

Certifique-se de que o Criador do seu cachorro tenha os olhos de todos os cães testados antes de vendê-los, e que os pais também tenham sido testados.

Nunca compre um filhote de cachorro de um Criador que não tenha feito esse teste.

A lipofuscinose ceroidea neuronal e a síndrome dos neutrófilos aprisionados que são doenças neuro-degenerativas, são duas doenças genéticas fatais do Border Collie.

Felizmente, existem testes de DNA que permitem que os Criadores façam a triagem para eles, portanto, apenas obtenha seu filhote de um Criador que tenham esses testes para os pais da ninhada.

A epilepsia também ocorre na raça.

Geralmente aparece cedo na vida, e atualmente não há testes de triagem para distúrbios convulsivos em Border Collies.

Nem todas essas condições são detectáveis ​​em um filhote em crescimento, e é impossível prever se um animal estará livre dessas doenças, e é por isso que você deve encontrar um Criador respeitável que esteja comprometido com a criação dos animais mais saudáveis ​​possíveis.

Eles devem ser capazes de certificar que os pais do cão (e avós, etc.) foram selecionados e considerados saudáveis ​​para reprodução.

Um bom Criador poderá discutir a prevalência de todos os problemas de saúde nas linhas de seus cães, aqueles com e sem testes de triagem genética, e ajudar os compradores de filhotes a tomar uma decisão informada sobre os riscos para a saúde de seus cães.

Criadores cuidadosos rastreiam seus cães reprodutores para doenças genéticas e criam apenas os cães mais saudáveis ​​e mais bonitos, mas às vezes a Mãe Natureza tem outras ideias e um filhote desenvolve uma dessas doenças, apesar das boas práticas de reprodução.

Avanços na medicina veterinária significam que na maioria dos casos os cães ainda podem viver uma boa vida.

Se você está pegando um filhote, pergunte ao Criador sobre as idades dos cães em sua linhagem e sobre do que eles morreram.

Lembre-se de que, depois de ter levado um filhote novo para sua casa, você tem o poder de protegê-lo de um dos problemas de saúde mais comuns: a obesidade.

Manter um Border Collie com o peso adequado é uma das maneiras mais fáceis de prolongar sua vida.

Aproveite ao máximo as suas capacidades preventivas para ajudar a garantir um cão saudável para toda a vida.

Imagem de curiosidades

Curiosidades e Fatos Interessantes sobre o Border Collie

O Império Romano foi a primeira civilização a dominar a arte de criar e pastorear ovelhas.

Eles trouxeram ovelhas e pastores para as Ilhas Britânicas, onde estabeleceram uma indústria de lã.

Muitos dos cães pastores que os romanos trouxeram para a Grã-Bretanha não conseguiram trabalhar no tempo frio, então os Celtics começaram a criar seus próprios.

Esses novos cães eram menores e mais ágeis que seus antecessores; eles foram chamados Collies após a antiga palavra celtacolley, que significa útil ou fiel.

Os Border Collies obtêm seu nome porque foram inicialmente criados na fronteira da Escócia e Inglaterra.

Os cães são bastante inteligentes como espécie em geral, mas nenhuma raça consegue vencer o Border Collie em inteligência.

Os cães brilhantes foram criados para serem solucionadores de problemas independentes capazes de resolver tarefas complexas.

Porque estes cães são tão inteligentes, isso significa que eles aprendem tudo e aprendem muito rapidamente.

Isso significa que você precisa treiná-los imediatamente antes de desenvolver quaisquer maus hábitos, como latir, morder ou choramingar – comportamentos que muitos Border Collies adotam como padrão quando estão entediados.

Treine-os jovens e verifique se eles estão focados na tarefa, pois a atenção deles tende a se desviar.

Cães de pastoreio, como Border Collies, foram especialmente criados para caçar e organizar animais.

Este comportamento predatório modificado incorpora o início da caça (perseguição, agachamento, mordida), mas sem a matança.

Os Border Collies são especialmente bons pastores graças à sua independência e inteligência.

A necessidade de rebanho está tão profundamente arraigada nesses cães, que alguns proprietários modernos realmente alugam ovelhas para seus animais de estimação.

Border Collies podem se mover rapidamente em posição de gato, agachada, graças a um espaço entre os topos das omoplatas, o que permite que os cães escorreguem enquanto permanecem baixos no solo.

Essa técnica permite que eles agrupem animais com extrema precisão.

Chaser a Border Collie é frequentemente chamada de o cão mais inteligente do mundo.

Ela tem trabalhado com John Pilley, um professor de psicologia, para aprender um número impressionante de palavras inglesas desde os dois meses de idade.

Chaser primeiro aprendeu que brinquedos específicos tinham nomes diferentes quando ela tinha apenas cinco meses.

Desde então, Chaser acumulou lentamente um arsenal de palavras e tem a cognição e o desenvolvimento de uma criança.

O cão inteligente mostra sua inteligência, trazendo itens específicos quando solicitado.

Ainda mais impressionante, ela entende que os itens têm um nome próprio exclusivo (como Franklin) e, em seguida, um nome de substantivo comum mais geral (como brinquedo).

Ela conhece os nomes de substantivos próprios dos seus 1000 brinquedos únicos.

Imagem de vantagens e desvantagens

Vantagens e Desvantagens do Border Collie

As Vantagens

  • Raça mais inteligente do planeta.
  • Nas mãos certas, os Border Collies são extremamente fáceis de treinar.
  • São muito bons em atividades de cães como agility, obediência e qualquer outro.
  • Eles amam o exercício.
  • Geralmente é uma raça saudável.

As Desvantagens

  • Precisa de muita estimulação física e de metal.
  • Eles precisam de coisas para evitar o tédio.
  • Precisa ser bem treinado para desencorajar o instinto de pastoreio.
  • Pode se tornar destrutivo se não for dado o suficiente para fazer.
  • Eles não podem ser deixados sozinhos por longos períodos de tempo.
  • Não é a melhor escolha para donos de cães de “primeira viagem”.
Imagem de escolhendo um filhote

Como escolher o Filhote Ideal de Border Collie

Três filhotes de Border Collies

Border Collies são cães altamente inteligentes, com um instinto natural de pastoreio.

Eles exigem muito exercício e cuidado, mas podem ser animais extremamente recompensadores ou animais de trabalho.

Para escolher corretamente o seu Border Collie você vai querer pensar exatamente que tipo de Collie se encaixará melhor em sua casa.

Então, olhe para o processo de compra ou de adoção.

Certifique-se de fazer muitas perguntas a cada passo do caminho para que você tenha um animal certo para você.

Considere seu estilo de vida

Border Collies são altamente inteligentes e exigem muita atenção pessoal.

Eles também precisam de uma quantidade razoável de espaço para correr e brincar.

Olhe para a sua rotina diária e veja se você tem tempo para gastar com o seu cão e como o fará.

Além disso, pense se você pode ou não fornecer condições materiais (ou seja, espaço) que um Collie precisa.

Collies gostam de perseguir coisas, incluindo carros, o que os torna um verdadeiro desafio em um espaço urbano.

Se você mora em uma área como esta, você precisará investir em uma cerca resistente e uma trela de qualidade.

Escolher macho ou fêmea

Você pode ou não ter uma preferência nesta área.

As fêmeas da raça são geralmente menores em alguns centímetros e mais leves cinco quilos ou mais.

Existem poucas diferenças comportamentais reais.

Decida se você quer um filhote ou cachorro adulto.

Um filhote de cachorro geralmente requer socialização adicional e treinamento para se tornar um bom cão quando adulto.

Um cão adulto já pode ter o aspecto do treinamento pronto, e alguns outros truques também.

No entanto, eles também podem ter bagagem comportamental de suas experiências anteriores.

Leve os outros membros da sua família em consideração

Border Collies são cães pastores por natureza e isso significa que eles podem ocasionalmente levar esse impulso para fora em animais de pequeno porte e crianças também.

Você vai querer considerar cuidadosamente o conforto dos outros ao escolher um Collie em particular.

Alguns cães se saem melhor que outros em situações domésticas.

Não importa qual cachorro você escolher, você vai querer apresentá-lo cuidadosamente a qualquer criança ou outro animal de estimação.

Faça um ponto para monitorar todas as interações entre o Collie e as crianças pequenas em particular.

Nunca os deixe sozinhos juntos.

Mantenha o custo em mente

Certifique-se do orçamento para a compra do próprio cão e cuidados imediatos também.

Isso inclui tratamento veterinário, vacinas, vermífugos, ração, cama, brinquedos e itens de treinamento.

Calcular os custos antecipadamente irá torná-lo menos chocante quando aparecerem.

Saiba como selecionar um Collie em particular.

Nem todos os cachorros são iguais.

Você quer procurar um Border Collie que tenha um temperamento moderado, maneiras básicas e uma curiosidade intelectual.

Seu cão deve estar interessado em interagir com você ou com outros estranhos.

Deve ser curioso sobre novos sons ou cheiros.

Deve estar entre o líder da manada e o mais tímido.

Adote de um abrigo

Visite o seu abrigo de animais local para ver se há um Border Collie disponível.

Se não, você pode sempre pedir que eles entrem em contato, se chegar algum.

Enquanto você estiver lá, confira os outros cachorros para adoção.

Você pode encontrar um que chama por você.

Você provavelmente também precisará concordar em castrar seu cão, caso ainda não tenha sido feito.

Muitos abrigos e ONGS agora listam seus animais de estimação disponíveis on-line por meio de sites.

Esses sites são ótimas maneiras de expandir suas escolhas.

Evite comprar em uma loja de animais

Não compre o seu cão de uma loja de animais, pois isso, provavelmente, apoiará fábricas de filhotes.

Criadores responsáveis ​​não vendem para lojas, portanto, as chances são de que os filhotes vieram de uma instalação de criação pobre.

Eles podem ter sofrido abuso e continuar a ter problemas de saúde no futuro.

 

Filhote de Border Collie correndo

Comprando de um Criador

Para encontrar um Criador com uma reputação sólida entre em contato com os Kennel Clubs existentes no país.

Você também pode pedir ao seu veterinário recomendações ou assistir a um show de cães local.

Claro, se você conhece alguém que possui um bom Collie, uma das melhores opções é apenas perguntar-lhes onde eles compraram o cachorro.

Esta é uma ótima maneira de obter uma referência pessoal e informações privilegiadas sobre um Criador.

Esteja ciente de que, se você estiver comprando de um Criador, provavelmente não conseguirá escolher um cachorro adulto.

A maioria dos Criadores só vende filhotes e estes só são liberados depois de atingirem um mínimo de oito semanas de idade.

Entreviste potenciais criadores

Planeje perguntar aos Criadores uma série de perguntas sobre seu nível de experiência pessoal e a maneira como cuidam dos cães.

Um bom Criador deve ser capaz de lhe dizer quase tudo sobre os prós e contras dos Collies.

Eles também devem fornecer informações específicas sobre a ninhada em questão.

Você pode perguntar: “Quantas ninhadas você cria por ano?” Um bom criador lhe dirá uma ninhada por ano, por cadela.

Você pode perguntar sobre suas certificações profissionais.

Seu Criador também deve fornecer uma lista de referências pessoais e profissionais.

Estes devem incluir um veterinário que pode verificar todos os registros médicos pertinentes.

Clientes satisfeitos também são boas referências.

E é ainda melhor se o Criador tiver outros Criadores que estejam dispostos a fornecer referências.

Não se surpreenda se o Criador lhe entrevistar também.

Um bom Criador se preocupa com seus animais de estimação e quer que eles vão para casas adequadas, eles podem perguntar sobre sua casa e seu estilo de vida para se certificar de que você será um bom proprietário.

Planeje visitar o Criador

É melhor você visitar a instalação de criação pelo menos uma vez, antes de finalizar a compra do seu cachorro.

Quando você estiver na instalação, preste atenção à limpeza e ao alojamento do animal.

Uma boa instalação de canil deve ser ordenada e espaçosa, permitindo que o cão tenha muito espaço para se exercitar.

As vasilhas de comida e água devem estar limpas.

Uma área particular do banheiro deve ser estabelecida com evidências de que as fezes são coletadas e descartadas regularmente.

A instalação deve ser bem limpa.

Observe como os cães reagem ao Criador também.

Isso lhe dará uma ideia de como eles são socializados.

Pergunte ao Criador diretamente como os cães são socializados.

Os cães devem estar felizes em cumprimentar o Criador e não devem demonstrar comportamentos agressivos.

Preste atenção para ver se os cães ficam para trás ou agem com medo, pois isso pode ser o sinal de um ambiente de criação ruim.

Conheça os pais do filhote

Certifique-se de conhecer os pais da ninhada.

Observe o comportamento da mãe para ver se ela é um animal de companhia agradável.

Afinal, essa é uma versão adulta do que seu filhote se tornará.

Olhe para ver se ela está bem cuidada e se ela está com boa saúde.

Selecione seu filhote com cuidado

Você deve sempre tentar escolher entre um número de filhotes.

Quando você visita, tente interagir com suas opções de filhotes para ver como eles são socializados e como eles se comportam entre seus irmãos de ninhada.

Você quer selecionar um filhote que não seja nem dominante nem tímido.

Ir para o meio-termo em termos de personalidade será mais seguro.

Verifique as documentações de saúde

O Criador deve fornecer documentos de saúde mostrando que os parentes do seu cachorro foram testados e mostraram estar livres de anormalidades genéticas.

Isso irá diminuir a possibilidade de comprar um Collie com potencial para displasia da anca.

Leia o seu contrato final com cuidado

Depois que todos os detalhes forem resolvidos, o Criador fornecerá um contrato por escrito.

Passe algum tempo examinando este documento e faça as perguntas que você tiver.

O contrato provavelmente incluirá o preço de compra e detalhes de retirada, além de informações de devolução, caso o filhote não dê certo.  

Imagem de lista de nomes

Sugestões de nomes para seu filhote de Border Collie

Ao nomear seu Border Collie, você pode levar em consideração todas as características da raça como base para escolher o nome perfeito.

Você pode considerar coisas como seu local de origem e o propósito da raça, seu temperamento e suas características físicas em seu processo de nomeação.

Esta raça vem da Escócia é um cão de pastoreio determinado.

Eles são mais felizes quando têm um trabalho a fazer e pastoreava quase tudo o que se movia.

Você pode escolher um nome que seja uma homenagem à herança escocesa do seu Border Collie, ou você pode escolher algo que reconheça as habilidades da raça como cão de trabalho.

Você poderia simplesmente escolher algo que se relaciona com a agricultura, que é onde esses cães são frequentemente encontrados.

Personalidade e aparência são outras grandes inspirações para nomear seu filhote.

Apenas um olhar nos olhos do seu novo cão pode lhe dar toda a informação que você precisa.

Um nome como Charm pode se referir a como seu cão aquece seu coração, ou talvez você encontre algo como um problema mais adequado para um filhote travesso! Talvez o pelo longo deles inspire um nome como Salsicha, ou suas patas brancas algo como Socks.

Escolher o nome certo pode ser desafiador ou pode chegar até você em um instante.

Aqui estão algumas ideias para você começar.

Dois filhotes de Border Collie na grama
Icone de Macho

Nomes de machos para Border Collie

  • Houdini – Um famoso artista de fuga, assim como o seu Border Collie quando entediado.
  • Bandido – Border Collie perdida adotada por Laura Ingalls no seriado Little House on the Prairie.
  • Jake – O 73º nome de bebê mais popular na Escócia.
  • Caos – Por sua energia ilimitada.
  • Rápido – Nome perfeito para um cão veloz.
  • Relâmpago – Border Collies são conhecidos por correr muito rapidamente.
  • Patch – Border Collies geralmente têm um pedaço de pele escura sobre um ou ambos os olhos.
  • Ziggy – Um nome peculiar para se adequar à personalidade lúdica da raça.
  • astro – Um fora deste nome do mundo, para um filhote fora deste mundo.
  • Pepe – (Le Pew) Por causa de sua coloração preto e branco, esses cães podem se assemelhar ao famoso gambá Pepe Le Pew, de Looney Tunes..
  • Sonny – Você provavelmente vai sentir um parentesco parental com seu Border Collie.
  • Alec – A Smart Alec é uma pessoa que sabe tudo e gosta de se mostrar.
  • Shep – Curto para Pastor, aquele que rebanho ovelhas.
  • Travessura – Quando não são devidamente exercitados, os Border Collies podem ser travessos.
  • Amigo – Estes cães são verdadeiramente dedicados aos seus donos.
  • Esporte – Border Collies são atletas excepcionais.
  • Parafuso – Usain Bolt é um famoso corredor olímpico.
  • Chefe – Esses cães gostam de controlar seu “rebanho”.
  • Local – Estes filhotes, por vezes, têm manchas na cabeça ou nas pernas.
  • Einstein – Border Collies são conhecidos por sua inteligência.
  • Kinsella – Ray Kinsella, o fazendeiro interpretado por Kevin Costner em Campo dos Sonhos.
  • John – Fazendeiro John é uma marca popular de carne na Califórnia.
  • Uísque – Uma ode ao licor de assinatura da Escócia.
  • Koda – Nome nativo americano que significa “aliado”, adequado para o melhor amigo do homem.
  • correr – atrás Por sua propensão para perseguir objetos em movimento.
  • Hardy – Um nome difícil para um filhote durão.
  • Harry – Um nome clássico inglês adequado para um cão peludo.
  • Empregos – Estes cães adoram ter trabalho para fazer.
  • guarda – Este cão de fazenda se sente em casa no intervalo.
  • Deanie – Depois de James Dean, um ator americano icônico que possuía um Border Collie de sua autoria.
Icone de Fêmea

Nomes de fêmeas para Border Collie

  • Estrela – Um aceno ao sucesso do Border Collie no show biz.
  • Oreo – Um biscoito preto e branco que é quase tão doce quanto este cão preto e branco.
  • Betsy – Um Border Collie famoso por aprender mais de 300 palavras.
  • Amor – Espanhol para “amor”, que você receberá muito deste filhote.
  • Escoteiro – Scout Finch, do livro To Kill A Mockingbird, é um jovem tomboy famoso e inteligente, como o seu Border Collie.
  • Âmbar – Encaixe para um filhote de cachorro com olhos âmbar.
  • Redemoinho – Criado quando duas cores são misturadas.
  • Sombra – Border Collies amam seus humanos e sempre querem estar com eles.
  • Athena – Depois da Deusa Grega da Sabedoria; parece um nome apropriado para esses filhotes espertos.
  • Vita – Abreviação de “Vitagraph”, o estúdio de cinema que produziu os primeiros filmes com uma estrela canina.
  • Senhora – Um nome apropriado para esta raça graciosa.
  • Mosteiro – Significa “inteligente e bonita”, assim como esta raça.
  • Urze – Uma planta comumente encontrada na Escócia.
  • Sedoso – Um cão bem preparado tem um casaco sedoso e luxuoso.
  • – Para um cão leal e devotado que sempre terá suas costas.
  • Chama – Uma listra branca no rosto de um animal.
  • Dora – Dora, a Exploradora, adora aventuras e seu Border Collie também.
  • Mia – Mia Hamm, famoso jogador de futebol que adora jogar bola quase tanto quanto o Border Collie.
  • Mel – Estes cães têm uma disposição calorosa para com as pessoas.
  • Mandy – Abreviação de “Amanda”, que significa adorável em latim.
  • Victoria – Rainha Victoria era uma fã desta raça.
  • Nana – Um nome apropriado para um cachorro apaixonado.
  • Pinta – Espanhol para “patch”.
  • Bella – Significa “bonito” em italiano; encaixe para um cão bonito.
  • Ocupado – Um nome adequado para esta raça workaholic.
  • Skye – Uma ilha na Escócia.
  • Graça – Para o trote gracioso da raça.
  • Panda – Outro adorável animal preto e branco.
  • Amigo – Espanhol para “amigo”, que é o que você vai encontrar neste filhote.
  • Feliz – Estes cães têm uma disposição otimista.
Imagem de filmadora
Os vídeos mais visualizados de Border Collie

Deixe uma resposta