Cachorro Bull Terrier – Guia Definitivo da Raça

Cachorro Bull Terrier em Destaque
Imagem de informações

Cachorro Bull Terrier - Resumo e Ficha Técnica

Bull Terrier em fundo branco
Bull Terrier - Quer ter um? Cuidar melhor? Escolher um nome especial? Ver os melhores vídeos da raça e muito + ?
Então este guia completo sobre o Bull Terrier foi feito para você. Abaixo está apenas um resumo, mas o melhor está a seguir. Continue lendo ou se achar melhor, clique no player acima e escute esse guia.E aproveitando, gostaríamos muito de saber sua opinião ou sugestão para que pudéssemos melhorar esse conteúdo. Então não deixe de comentar ou se gostou, compartilhe com seus amigos. Divirta-se!

A raça originou-se com o cruzamento de Bulldogs e uma raça agora extinta chamada Old English Terrier e mais tarde foi cruzada com um Bulldog branco e White English Terrier para obter um Bull Terrier branco.

O Bull Terrier branco tornou-se companheiro de cavalheiros e ganhou o apelido de Cavaleiro Branco enquanto cavalgavam nas carruagens da nobreza inglesa.

A marca da raça é uma cabeça longa, em forma de ovo, com orelhas eretas e pontiagudas, e pequenos olhos triangulares.

Ele gosta de estar com sua família humana, passear todos os dias e requer apenas escovações semanais, exceto durante os períodos de troca de pelos.

Bull Terriers são robustos, de ossos grandes que se movem com um passo firme, sugerindo agilidade e poder.

Há quatro chaves para a felicidade do Bull Terrier: socialização precoce com cães e pessoas; treinamento firme, mas amoroso; exercícios; e muito tempo de qualidade com seus adorados humanos. Se esses requisitos forem cumpridos, não haverá companheiro mais leal, amável e divertido.

A raça Bull Terrier é um cão de família amoroso e leal hoje, no entanto, quando se originou, a raça foi usada para a luta de cães, depois para a guarda, ratting (é o uso legal de cães para o controle de pragas de ratos em um espaço não confinado, como um celeiro ou em campo aberto) e pastoreio.

Imagem de lista de nomes

Outros nomes

Bull Terrier Inglês ou Bull Terrier Standard
Imagem de personalidade

Personalidade

Equilibrado, corajoso e obstinado
Imagem de utilização

Utilização

Cão de guarda e de companhia
Imagem de cores

Cor da pelagem

Branco, manchado ou tricolor
Imagem de espaço ideal

Espaço necessário

Se adapta em apartamento, mas requer passeio diário
Imagem de peso

Peso

Macho: 24 a 29 kg
Fêmea: 20 a 24 kg
Imagem de altura

Altura

Macho: 53 a 55 cm
Fêmea: 53 a 55 cm
Imagem de origem

Origem

Grã-Bretanha
Imagem de ranking de inteligência

Ranking de Inteligência

66ª posição
Imagem de tempo de vida

Expectativa de vida

10 a 12 anos
Imagem de origem e história

Origem e História do Bull Terrier

História do Bull Terrier

Sua história é bastante recente, porque a que estamos tratando não é uma daquelas raças milenares que todos conhecemos, mas é uma raça moderna.

Assim, partimos da base de que, atualmente, o Bull Terrier miniatura é uma variante do padrão Bull Terrier, o que torna as duas raças virtualmente idênticas, se deixarmos de lado seu tamanho.

Os antepassados do Bull Terrier são encontrados nas cruzas de Terriers com diferentes tipos de cães originais para a luta, o que era comum. Foram confrontados com animais muito maiores, como burros, cavalos e até ursos ou leões, bem como uns aos outros.

Já foi usado para caçar roedores. Você ficará surpreso em saber que no século 19 na Inglaterra, havia uma espécie de distração que consistia em colocar um Bull Terrier com cem ratos em um pequeno quadrado e ver quantos ele poderia matar.

Um show bastante repugnante em que estes cães eram bons, mas não escaparam ilesos muitas vezes.

Estes eventos foram proibidos pela rainha Victoria.

Uma vez que o governo britânico também proibiu as lutas de animais, em 1835, eles deixaram de ser úteis, não sendo uma raça bem vista.

Aos poucos, os criadores foram selecionando-os, definindo novas raças que foram aceitas e padronizadas ao longo do tempo.

A característica física mais comum na raça é sem dúvida, a cabeça oval, que foi padronizado pela primeira vez em 1850.

O clube foi formado em 1887, mas naquela época não havia limites sobre seu peso ou seu padrão, e podiam encontrar exemplares menores de Bull Terrier.

Por volta de 1918, diferenças entre o tamanho pequeno e o tamanho padrão começaram a ser notadas e o British Kennel Club tomou a iniciativa de proibir o registro de cães em miniatura.

Em 1938, vários Criadores, incluindo o Coronel Richard Glyn, fundaram o Miniature Bull Terrier Club, conseguindo finalmente o reconhecimento da raça.

Hoje eles são animais de estimação populares em todos os países, particularmente a versão em miniatura, e o Bull Terrier triunfou como cão policial, de trabalho e até mesmo em jogos.

Imagem de aparência

Características e Aparência do Bull Terrier

Dois Bull Terriers deitados

O Bull Terrier é uma raça forte, encorpada e musculosa, cujo corpo é ligeiramente mais longo do que alto.

Com pernas dianteiras moderadamente longas e patas traseiras que são caracterizadas por coxas fortes e musculosas, os pés redondos, compactos são pequenos e podem parecer um pouco desproporcional para um animal tão corpulento e musculoso.

No entanto, esses pés e pernas carregam o Bull Terrier de maneira ágil e poderosa.

A raça ostenta uma cabeça que se assemelha muito a uma bola de futebol americano, com a cabeça longa e forte, com um focinho profundo e uma testa achatada que vai de orelha a orelha.

O Bull Terrier tem orelhas pequenas e finas que estão juntas no topo da cabeça e esta raça é a única com olhos triangulares reconhecida. Eles são fundos, pequenos e escuros e dão uma expressão inteligente e cintilante.

O nariz geralmente preto tem narinas bem desenvolvidas, a mordida é em forma de tesoura ou no mesmo nível.

O pescoço da raça é em forma de cone da cabeça aos ombros e é longo e forte.

A cauda é curta, baixa e geralmente é levada na horizontal, grossa na base e afilada até um ponto.

O pelo é curto e liso, grosso ao toque e existem nas cores, branco, tigrado, baio, preto canela ou preto tigrado, podendo ser tricolor.

Imagem de temperamento

Temperamento e Personalidade do Bull Terrier

Bull Terrier Tigrado

Embora possa não parecer, é um cão extremamente amigável, como já falamos.

Muito carinhoso com sua família, ele adora jogos e é super-protetor.

Sua inteligência está além da discussão, embora às vezes ele seja teimoso quando se trata de aprender.

Com estranhos pode ser muito temperamental, uma característica que você pode ajudar a corrigir educando e socializando bem enquanto filhote.

Quando eles querem mostrar seu lado de “caras durões”, eles tiram o instinto de caçador de roedores que vem de seus ancestrais.

São atentos a estranhos.

Tédio ou solidão não combinam com o caráter desses pequeninos, embora às vezes também busquem seu espaço e sua própria independência.

Sua energia e atividade não parecem ter fim e precisam de atenção, caso contrário, podem colocar o lado “travesso” que carregam e fazer buracos no jardim, roer móveis, quebrar coisas, etc.

Se você tiver que fazer uma longa viagem, não planeje deixá-lo sozinho, mesmo que alguém possa cuidar das necessidades básicas diárias.

Você terá que encontrar uma pessoa para cuidar dele direto, ou deixá-lo em um Hotel Pet de confiança, caso contrário, seu sentimento de solidão poderia colocá-lo à beira da depressão.

A melhor maneira de evitar o lado destruidor é praticar esportes com eles ou, pelo menos, uma boa caminhada todos os dias.

Você também deve considerar brincar com eles e passar alguns minutos para fazer-lhes mimos.

Dizem que ele está alerta mesmo quando dorme e que não há sacrifício que não esteja disposto a fazer para ser útil ao seu mestre.

Em troca, eles precisam de grandes doses de amor, vivem bem em uma casa grande com uma área ou em em um pequeno apartamento, desde que recebam aquele grande passeio diário, que você não pode permitir em nenhum momento ficar sem coleira, porque embora seja em um lugar calmo, onde não há mais pessoas, sua inclinação para perseguir animais menores questionaria sua própria segurança.

É muito carinhoso e não é incomum que muitas vezes se lancem literalmente sobre seus donos, e garantimos que não é fácil separá-los nesses casos, uma vez que encontraram o calor e o conforto do “assento”.

Para eles, é um ato de intimidade e vai confortá-los, que você também os veja dessa maneira.

Por outro lado, não devemos perder de vista o fato de que essa teimosia é acompanhada de grande autoconfiança.

É por isso que eles estarão diariamente verificando as regras e testando seus limites, na ânsia de descobrir se eles mudaram.

Por sorte, ele aceita bem as correções e, como amostra, não para de mexer a cauda.

Relacionamento com outros animais de estimação

Como na maioria dos cães, o Bull Terrier está pronto para viver com outros animais de estimação.

De qualquer forma, essa ideia pode não ser muito recomendável, já que ele poderia usar suas fortes mandíbulas para se defender contra o outro animal no momento em que o considera um oponente.

Não perca de vista o fato de que esta raça pode ser agressiva por natureza com outros animais, até mesmo considerar aqueles que são menores como presas, dedicando-se a caçá-los, o que pode incluir não apenas roedores, pássaros e gatos, mas também cães pequenos.

O “mini touro” também pode ser possessivo com a comida, por isso, se houver outros animais de estimação em casa, o ideal é oferecer a comida em vasilhas separadas e as recompensas em lugares onde outros animais não se aproximam.

Alguns proprietários estão dispostos a fazer um esforço considerável e investir tempo suficiente para tentar que o Bull Terrier se de bem com os outros animais da casa, que em certos casos eles podem até ter sucesso.

Não é aconselhável ter um Bull Terrier na mesma casa em que você tem hamsters ou porquinhos-da-índia, já que seus instintos de caçador podem vir à tona.

Relacionamento com as crianças

Embora o valentão seja um animal de estimação brincalhão e charmoso, ele pode não ser o companheiro ideal para uma criança (pelo menos não sem treinamento e supervisão adequados).

Esta raça não gosta de brincadeirinhas, empurrões ou estresse em geral que as crianças, por vezes, sujeitam os animais de estimação ao brincar.

A verdade é que sua primeira reação quando ele se sente perturbado pode ser a mordida, o que pode comprometer a segurança das crianças mais novas que não conseguem controlar sua forma nervosa de brincar.

Em princípio, não é aconselhável deixá-lo sozinho com as crianças da casa, embora com o tempo e o nível adequado de treinamento, este cachorro ficará feliz em passar tempo com as crianças, e irá desenvolver paciência suficiente com eles, mas tudo faz parte de um processo.

Imagem de cuidados básicos

Cuidados Básicos e Manutenção do Bull Terrier

O cuidado que temos com o nosso cão, resultara em parte, na longevidade que ele atingirá e, acima de tudo, na qualidade de vida de sua existência.

Esta raça tem uma vida média de 10 anos que, no caso de exemplares bem cuidados, pode ir até cerca de 12 anos.

Alguns podem até chegar a 14 ou 15 anos, embora isso não seja comum.

Alimentação

A alimentação de um animal de estimação deve basear-se em critérios de nutrição saudáveis ​​e equilibrados.

A maneira mais simples de fornecer ao seu cão será escolher uma ração de boa qualidade.

Não deixá-lo comer de tudo o que quiser pois faria mal a sua saúde no geral. Sendo que ele pode engordar facilmente, o que teria um impacto negativo sobre o seu estilo de vida ativo.

Higiene

Sem dúvida, se encaixa no fato de que uma higiene adequada é tanto no aspecto como no estado de saúde do nosso animal de estimação e também beneficia o resto dos membros da família.

Higiene dental

É comum que os donos de cães não reconheçam doenças do tipo periodontite ou gengivite que, se passarem despercebidas, podem levar à perda de dentes ou infecções graves que afetam o coração, fígado ou rim.

Nada como uma escovação dental no mínimo semanal para controlar a placa dentária, um gesto que é muito provável que não agrade ao seu “valentão”. Você deve acostumá-lo desde filhote, para que ele tolere a escovação dental normalmente.

Também o estabelecimento de um sistema de recompensas, consistindo de biscoitos ou ossos daqueles que são comercializados para esses propósitos, pode ajudá-lo a acabar com a placa temida e o tártaro dentário.

Mas que essas recompensas não tenham uma contribuição calórica excessiva que produza excesso de peso para o seu cão.

Banho e secagem

Embora o Bull Terrier não seja fã da ideia de um banho. Ele aceitará mais cedo ou mais tarde que o banho faz parte da vida.

Use apenas um shampoo indicado para seu tipo de pele e pelo, enxague-o bem, e depois de tirá-lo do chuveiro, remova o excesso de água com uma toalha e não o deixe sair, especialmente se for inverno, ainda molhado.

Para secá-lo você pode usar um secador elétrico a uma temperatura moderada, longe o suficiente do seu corpo para evitar queimaduras.

Escovação

Seu pelo denso, mas curto é muito fácil de manter.

Às vezes você pode escová-los, colocando uma luva de borracha especial para ajudá-lo a remover os pelos mortos.

Será melhor se você começar com a cabeça e descer em direção à cauda, ​​seguindo o caminho normal do seu corpo, o que também permitirá que você observe se há um parasita.

Vale lembrar que existem óleos capazes de melhorar sua pele e pelos, caso haja necessidade, pode consultar um veterinário.

Vacinas e tratamentos antiparasitários

Quando você adota seu Bull Terrier, certifique-se de que eles lhe dão o registro de imunização em dia, para que o veterinário possa ter controle sobre as doses administradas e as que estão faltando.

Da mesma forma, este mesmo profissional irá guia-lo em tratamentos contra parasitas, consistindo de pipetas ou coleiras anti-pulgas, para evitar a infestação de pulgas, carrapatos e vermes intestinais.

Imagem saúde da raça

Problemas de Saúde mais comuns do Bull Terrier

Duas doenças cardíacas diferentes.

Várias doenças renais.

Múltiplas doenças neurológicas, incluindo epilepsia, “fiação” compulsiva (girando em círculos) e agressão súbita, muitas vezes chamada de síndrome da raiva.

Displasia da anca e patela luxadora (articulações soltas do joelho) ocorrem em ambos os tamanhos de Bull Terriers.

Esta raça é muito propensa a rasgar o ligamento cruzado em suas patas traseiras.

Todos esses problemas ortopédicos causam dor e claudicação e podem exigir cirurgias caras.

Muitos Bull Terriers nascem surdos ou parcialmente.

As doenças de pele são comuns em Bull Terriers, especialmente alergias que causam coceiras terríveis, o que pode levar a infecções da pele.

Na variedade em miniatura, eu acrescentaria a temida luxação e glaucoma das lentes oculares, que podem causar cegueira.

Prevenção de problemas de saúde

Alguns problemas de saúde são herdados.

Por exemplo, se ambos os pais do seu Bull Terrier tiverem certificados comprovando que foram testados e isentos de doenças cardíacas e patelas luxantes, ele tem menos risco de desenvolver essas condições.

Os pais também devem ser testados e depurados de doenças oculares hereditárias.

Imagem de curiosidades

Curiosidades e Fatos Interessantes sobre o Bull Terrier

Os Bull Terriers estão diretamente relacionados aos Bull e Terriers.

Como o nome sugere, eles eram um cruzamento entre cães de raça e vários Terriers.

Os Criadores achavam que o espírito tenaz e a agilidade do Terrier, misturados com a força bruta de um Buldogue, criariam um excelente cão de combate.

A raça era conhecida como um “gladiador canino”.

Felizmente, a luta de cães e outros esportes sangrentos foram proibidos na Inglaterra graças ao Ato Humano de 1835.

Bull Terriers receberam outras tarefas, como ratting e ser companheiros.

Na década de 1860, James Hinks, de Birmingham, Inglaterra, viu potencial nesses cães e decidiu torná-los uma raça distinta.

Ele os cruzou com o agora extinto Old English Terrier, assim como o dálmata e possivelmente o Border Collie.

Hinks criava todos os seus cães para ser branco puro, com um rosto mais longo e sem pernas arqueadas.

Esta raça nova e melhorada ostentava visuais mais consistentes e sofisticados do que o seu antecessor.

Originalmente, esses cães chiques eram todos brancos e chamados de “Cavaleiros Brancos”.

Mais tarde, os Bull Terriers foram criados com os Bull Terriers de Staffordshire, criando Bulls com cores como marrom, preto, vermelho e tigrado.

A popularidade da raça cresceu rapidamente, e em 1897, o Bull Terrier Club of America foi estabelecido.

Bull Terriers são conhecidos por suas longas faces em forma de ovo, ou bola de futebol americano…

Seus olhos também são incomuns: o Bull Terrier é a única raça registrada que possui olhos em forma de triângulo.

Um cão perseguindo seu rabo pode ser fofo, mas também é possivelmente um sinal de que o canino tem transtorno obsessivo de personalidade.

Estudos mostraram que os Bull Terriers e os Pastores Alemães têm muito mais probabilidade de caçar compulsivamente suas caudas do que qualquer outra raça.

Outros sinais do distúrbio incluem perseguição frequente de sombras e estimulação compulsiva.

Os “valentões” podem parecer um pouco intimidantes com sua aparência muscular, mas na verdade são cães muito doces e gentis.

Conhecidos por suas personalidades tolas e divertidas, os Bull Terriers são perfeitos para famílias ativas.

Os cães adoram brincar e se meter em encrencas.

Como é o caso com dálmatas e outros cães com pelagem malhadas, os Bull Terriers às vezes têm problemas com a audição.

Acreditava-se que a surdez poderia ser criada fora do cão, mas muitos criadores continuaram a usar cães surdos, independentemente.

Outros simplesmente não percebiam que os descendentes de cães surdos em apenas um ouvido podiam ser totalmente surdos.

Patsy Ann nasceu em 1929 e veio para Juneau quando filhote.

Apesar de ser surda, a Bull Terrier tinha uma habilidade incomum para dizer quando e onde os navios estavam entrando no cais; ela vinha ao cais e visitava os barcos descarregados.

Chamada de recepcionista oficial, Patsy Ann era amada por todos.

Em seu tempo livre, ela visitava os locais que a recebiam com migalhas e guloseimas (em seus últimos anos, ela se tornou gorda).

Alguns dizem que Patsy foi fotografada mais de Rin Tin Tin.

Patsy Ann viveu até a idade madura de 13 anos (91 anos de cachorro) e uma estátua foi erguida em sua homenagem.

Juneau ainda vende mercadorias com sua imagem até hoje.

Imagem de vantagens e desvantagens

Vantagens e Desvantagens do Bull Terrier

As Vantagens

  • Os Bull são incrivelmente leais e dedicados às suas famílias.
  • Divertido amoroso e energético por natureza.
  • Escolha perfeita para pessoas que trabalham em casa e levam vidas ativas ao ar livre.
  • Excelentes cães de guarda.
  • Baixa manutenção com a higiene.
  • Altamente adaptável, em casas ou apartamentos.
  • Muito sensível ao humor do dono.

As Desvantagens

  • Filhotes podem ser bastante destrutivos em casa, e demoram para amadurecer.
  • Eles são incrivelmente apegados às pessoas e odeiam estar por conta própria.
  • Eles sofrem de ansiedade de separação.
  • Conhecido por ser teimoso quando lhes convém.
  • Os Bulls são propensos a sofrer de certos problemas de saúde, por isso as contas do veterinário podem ser altas.
  • Fêmeas geralmente necessitam de cesárea, por haver complicações no parto.
  • Não é a melhor escolha para donos de cães pela primeira vez porque os Bulls podem ser difíceis de treinar.
  • Caro para comprar e para manter.
Imagem de escolhendo um filhote

Como escolher o Filhote Ideal de Bull Terrier

Três filhotes de Bull Terrier na natureza

Escolhendo um Criador de Bull Terrier

A maneira mais preferível de comprar seu filhote de cachorro Bull Terrier é de um Criador profissional e respeitável.

O motivo: Bull Terriers são conhecidos por alguns problemas de saúde graves.

Vários problemas de pele e alergias estão no topo da lista, seguidos por problemas renais e neurológicos.

Crises epilépticas, problemas cardíacos ou hepáticos e surdez (principalmente em Bull Terriers brancos) também são muito vistos.

Muitos desses problemas podem exigir tratamento caro a longo prazo e muitas visitas ao veterinário.

A maioria desses problemas é considerada como tendo causas genéticas.

Por exemplo, os problemas de pele são frequentemente vistos como ligados a um sistema imunológico deficiente.

As condições resultantes podem ser tão graves que requerem tratamento a longo prazo com antibióticos, esteroides ou uma combinação de ambos e uma série de outros medicamentos.

Para você isso significa, obter um cachorro com defeitos genéticos pode custar-lhe milhares ao longo da vida do cão.

Em todas essas circunstâncias, um Criador respeitável colocará seus esforços em gerar descendentes saudáveis ​​sem defeitos genéticos.

Ele só cruzará cães comprovadamente livres de doenças hereditárias por testes de saúde.

E é claro que ele não cruzará a raça com os outros.

O teste de saúde é caro, o que o torna mais provável de ser encontrado em um reprodutor profissional em tempo integral.

É mais provável que ele tenha conhecimento, instalações e orçamento.

Naturalmente, mesmo um teste não pode dar uma garantia vitalícia para a saúde de um cão e há sempre outras questões não hereditárias que podem surgir durante a vida de um Bull Terrier.

Como as alergias de pele não estão limitadas a um sistema imunológico fraco como causa, elas também podem ocorrer em cães aparentemente saudáveis.

Mas o teste de saúde aumenta as chances de manter os padrões estabelecidos de aparência, saúde e comportamento dentro de uma raça e reduz os problemas hereditários ao longo de gerações através de reprodução seletiva, enquanto a criação aleatória tem o potencial de aumentar esses problemas.

Por razões óbvias, sempre a melhor maneira é comprar um filhote de cachorro de um Criador que você possa visitar no local.

Dicas sobre como escolher um filhote no local

Se você tiver a chance de escolher seu filhote pessoalmente no local, esta também é uma ótima chance de dar uma olhada nos pais caninos.

Sua condição geral, tamanho e peso podem dizer muito sobre seu futuro companheiro.

Também é uma chance de olhar mais de perto não só as cores, mas também a personalidade, caso você tenha alguma preferência por isso.

Se você quer algo “no meio” devido ao caráter, você não deve escolher o filhote que é sempre o primeiro na tigela de comida, nem o mais relutante na ninhada.

Filhotes de Bull Terrier em geral são curiosos e abertos ao mundo.

Se alguém é bastante tímido e também pequeno, pode ser um sinal precoce de fraqueza geral.

Isso pode, mas não necessariamente, levar em consideração sua saúde.

Ainda assim, estes filhotes podem ser um excelente companheiro, se você gosta da versão mais gentil e dedicada de um animal de estimação.

Mas se você gosta de ter um amigo enérgico, eles podem não ser a melhor escolha.

Por outro lado, o primeiro filhote na tigela de comida poderia ser mais propenso a tendências de dominação ou pelo menos ser muito extrovertido e enérgico.

Talvez um pouco demais para o seu gosto.

Ou apenas o que você está procurando – isso depende.

Infelizmente, especialmente com esta raça bastante rara, às vezes não é possível, encontrar um criador perto de si e escolher um filhote pessoalmente.

Alternativamente, você pode reunir suas informações na internet.

Mesmo os Criadores respeitáveis ​​oferecem essa opção.

 

Filhotes de Bull Terrier brincando

Não seja tímido, faça perguntas

É sempre uma boa ideia entrar em contato com o Criador de sua escolha primeiro, fazer perguntas por e-mail ou talvez até conversar com ele ao telefone.

Um reprodutor responsivo apreciará seus esforços para obter o máximo de informações possível sobre ele e a raça.

Se um Criador não estiver disposto a responder às suas perguntas, é hora de seguir em frente e procurar outro.

Muitos Criadores respeitáveis ​​pedirão que você preencha um formulário e forneça mais informações sobre você.

Pode até haver dúvidas sobre o seu trabalho, membros da família, se você já teve um cachorro antes e coisas assim.

Tal questionário não significa que esse Criador seja intrometido.

Isso mostra que ele está interessado em saber mais sobre as futuras casas de seus filhotes.

Responder às perguntas honestamente dá ao Criador uma chance de descobrir imediatamente possíveis problemas e discuti-los com você para estabelecer soluções antes de obter seu filhote.

Isso, por outro lado, dará a você uma chance maior de oferecer com sucesso a casa e o ambiente corretos para seu novo membro da família.

Filhotes de cachorro Bull Terrier de Criadores respeitáveis geralmente saem rapidamente.

Um Criador respeitável oferecerá livremente informações sobre nutrição, manutenção da raça, problemas gerais de saúde da raça, etc.

Ele também oferecerá informações sobre os pais caninos de seus filhotes de Bull Terrier e terá documentos disponíveis sobre o registro do Kennel e Pedigree de múltiplas gerações.

Ele será capaz de fornecer informações de testes de saúde (certificados) sobre seus animais reprodutores também.

O filhote de Bull Terrier deve ter sua desparasitação e vacinação em dia de acordo com a idade, quando você o pega.

Um Criador responsável geralmente não terá mais de uma ou duas raças em sua criação para reprodução.

Muitas raças diferentes em um canil podem ser um sinal revelador de animais mantidos em estoque maciço, como frequentemente encontrados em fábricas de filhotes.

Imagem de lista de nomes

Sugestões de nomes para seu filhote de Bull Terrier

Pensar em um nome de cachorro é tão difícil quanto escolher um cachorro.

Em geral, os cães prestam atenção à primeira sílaba de qualquer palavra.

Por essa razão, é mais sensato escolher um nome de cão que não seja mais do que duas sílabas.

Isso ajudará seu cão a reconhecer e lembrar seu nome sem muita dificuldade.

Outro fator a considerar quando se pensa no nome do seu cão é a sua aparência física.

Qual é a cor deles? Qual o tamanho deles? Eles parecem gentis ou durões? Pergunte a si mesmo essas questões e leve-as em consideração antes de se decidir totalmente por um nome específico.

Como, Bull Terriers possui várias características únicas e são cães muito especiais, por isso seria adequado dar-lhes um nome especial!

Existem dois tipos de Bull Terriers: branco e colorido.

Se você escolher um em sua maioria de cor branca, faria sentido escolher um nome exclusivo relacionado à cor branca.

Por exemplo, o nome “Kaya” significa “puro” em grego e seria um nome apropriado para o seu Bull Terrier fêmea branca.

Estas são apenas algumas das muitas considerações que podem ajudá-lo a escolher um nome seu Bull Terrier.

Filhote de Bull Terrier na Grama
Icone de Macho

Nomes de machos para Bull Terrier

  • Milo – Nome em espanhol significa “favorecido”.
  • Argus – Nome grego que significa “vigilante”.
  • Pochi – Nome italiano que significa “masculino”.
  • Vito – Significa “cheio de vida” em espanhol.
  • Anjo – Significa “anjo” em português.
  • Kai – Significa “do mar” em havaiano.
  • Gaélico – Significa “líder generoso” em francês.
  • Fyodor – Significa “poderoso governante” em russo.
  • Paxá – Significa “pequeno e humilde” em russo.
  • Elan – Significa “amigável” no nativo americano.
  • Kuzma – Significa “harmonia” em grego.
  • Hani – Significa “feliz” em havaiano.
  • Colum – Significa “uma pomba” em latim.
  • Farrin – Significa “ferreiro” em francês.
  • Rio – Significa “rio” em espanhol.
  • Enok – Significa “fiel” em dinamarquês.
  • Perseu – Significa “aquele que destrói” em grego.
  • Cato – Significa “inteligente” em latim.
  • Gaspar – Significa “rei do tesouro” em persa.
  • Draco – Significa “dragão” em grego.
  • Bandido – Um fora-da-lei.
  • Jesse – Nome hebraico que significa “um presente”.
  • Principal – Um oficial de alta patente no exército simboliza poder.
  • Cobre – Um material avermelhado; bom para Bull Terriers com pelo avermelhado.
  • Urso – Um mamífero de quatro patas; nome bonito para um cão de estimação.
  • Kenny – Nome gaélico significa “boa aparência”.
  • Ethan – Nome hebraico que significa “forte”.
  • Bobo – da corte Alguém que faz piadas.
Icone de Fêmea

Nomes de fêmeas para Bull Terrier

  • Kaya – Significa “puro” em grego.
  • Hera – Significa “defensor” em grego.
  • Filia – Significa “filha” em latim.
  • Alva – Significa “brilho” em hebraico.
  • Vana – Significa “felicidade suprema” em índio.
  • Elva – Significa “branco” em irlandês; perfeito para Bull Terriers brancos.
  • Dulce – Significa “doce filha” em espanhol.
  • Luna – Nome italiano que significa “lua”.
  • Clio – Significa “comemorar” em grego.
  • Rena – Significa “alegre” em hebraico.
  • Kora – Significa “donzela” em grego.
  • Una – Termo gaélico que significa “um”.
  • Calla – Significa “lindo” em grego.
  • Esme – Significa “amado” em francês.
  • Eira – Significa “neve” em galês; bom para os Bull Terriers brancos.
  • Sada – “Pure one” em japonês.
  • Zara – Princess em russo.
  • Marva – Significa “maravilha” ou “milagre” em francês.
  • Ida – Significa “mulher trabalhadora” em alemão.
  • Dior – Significa “dourado” em francês; bom para Bull Terriers com pelo fulvo.
  • Cheryl – Significa “querido” em francês.
  • Della – Nome alemão que significa “nobre”.
  • Gemma – Significa “jóia” em latim.
  • Jinx – Um tipo de encanto mágico.
  • Pax – Significa “paz” em latim.
  • Trix – Pet version de “Beatrice”, que é um nome latino que significa “viajante pela vida”.
  • Sparky – Animado ou animada.
  • Lana – Nome gaélico que significa “rock”.
  • Por – sorte Alguém que é afortunado.
Imagem de filmadora
Os vídeos mais visualizados de Bull Terrier

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *